Durante o passeio

O que é NÃO é legal fazer durante a Bicicletada

  • Insultar verbalmente e ou agredir pedestres, motoristas, passageiros de coletivos e pessoas nos bares, mesmo se eles provocarem
  • Provocar as mulheres na rua. Tanto elas como as mulheres da bicicletada podem se sentir ofendidas
  • Andar com a bicicleta nas calçadas
  • Correr na frente para bloquear o tráfego antes da massa chegar
  • Andar na contra-mão
  • Esquecer de sorrir, acenar e falar com outras pessoas
  • Imaginar que você é moralmente superior só porque está pedalando uma bicicleta
  • Abster-se de dizer aos companheiros o que você acha do seu comportamento, seja bom ou ruim. Converse com os outros!
  • Interromper desnecessariamente acessos que não serão utilizados pelo passeio
  • Usar pistas que não são necessárias. Se houver múltiplas faixas, vamos liberar algumas para os veículos mais rápidos
  • Esquecer que todos somos responsáveis por fazer a massa crítica que nós queremos

O que é legal fazer durante a Bicicletada

  • Fantasiar-se para chamar a atenção e alegrar o movimento
  • Distribuir panfletos aos pedestres e motoristas explicando porque estamos ali
  • Conversar com o ciclista do lado, fazer amigos e se divertir
  • Cuidar da segurança de todos
  • Abordar amigavelmente aqueles que estão desrespeitando os pedestres e motoristas
  • Distribuir flores e conversar com outras pessoas, passageiros de ônibus e motoristas
  • Convidar as pessoas a se juntarem a nós na próxima vez
  • Liberar pistas para que veículos e ônibus presos atrás da massa possam passar. Se queremos respeito, também temos que compartilhar
  • Diminuir a marcha regularmente se você estiver na frente (não importa o quão devagar você acha que está pedalando, lacunas estarão se abrindo atrás de você)
  • Parar no semáforo vermelho quando estiver na frente para permitir que o resto da massa se junte a você
  • Continuar pedalando no semáforo vermelho se a massa já estiver atravessando o cruzamento, pois ficar juntos é mais seguro e previsto por lei
  • Preencher lacunas; massa crítica depende da densidade de bicicleta em relação ao automóvel
  • Lembrar-se que o prazer e o convívio são mais subversivos do que a raiva e provocação

Fonte: bicicletada.org

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s